[ editar artigo]

Como fazer lançamento de seu curso online?

Como fazer lançamento de seu curso online?

Como fazer lançamento de seu curso online? Esta, provavelmente, seja a dúvida de muitos produtores de conteúdo. Entenda com esse guia uma forma de tornar seu conhecimento um negócio online.

Irei aqui descrever alguns processos relevantes para iniciar essa jornada rumo ao resultado, ou seja, lançar seu curso online, seu infoproduto, desde o ponto inicial até a realização de inscrições.

Ponto de início para o lançamento do curso online

Certamente, você deve começar pelo início, ou seja, o ponto propositivo de sua jornada didática. Portanto, estabeleça agora seu propósito de transformação.

O que é o propósito de transformação?

Mais do que uma proposta de valor, o propósito de transformação é o resultado a ser alcançado a partir das experiências de aprendizado do seu aluno.

Assim, a proposta de valor de seu curso trata do valor agregado ante o objetivo pedagógico traçado. Mas, o propósito de transformação é o resultado possível a ser alcançado por seu aluno.

Saiba disso: quanto mais claro for o propósito de transformação, maior será a sua capacidade de engajamento. Por consequência, maior será sua facilidade em agregar leads em páginas de capturas, interessados em redes sociais, audiência em suas produções de conteúdo.

Exemplo de propósito de transformação

O propósito de valor da Fórmula de Lançamento, de Érico Rocha é Como Usar a Internet para Alavancar suas Vendas ou Criar um Negócio Digital do absoluto zero.

A perspectiva de realização a partir do propósito de transformação é tangível, crível, de fácil compreensão por todos os envolvidos e os impactados com a oferta.

Obviamente, a clareza sobre o propósito de transformação deve ser atingido pelo seu curso online. Caso contrário, os ruídos de comunicação poderão interferir no processo todo.

Portanto, responda: Qual o seu propósito de transformação para seu curso online?


Vale lembrar que a proposta de valor não é o propósito de transformação.


Plano de curso

Esse ponto também é fundamental. O documento mais importante do seu negócio online no início é o plano de curso. Principalmente, porque esse plano de curso também funciona como um plano de negócios, porque todo curso online também é um negócio online.

Com o plano de curso bem estruturado, o propósito é definido com clareza. Além disso, as informações relativas a produção poderão ser organizadas dentro deste documento. Lembre que o plano de curso é uma espécie de mapa, planta baixa do projeto.

Este documento será importante para que todas as pessoas envolvidas estejam alinhadas com seus objetivos e metas.

Aprender a montar um completo plano de curso online é muito importante. Assim, você consegue validar ideias, ofertas, propostas didáticas e propósitos eficientes para o sucesso de seu futuro negócio online

Roteiro para as aulas

Mesmo que você esteja produzindo seu plano de curso, vale a pena já desenhar algumas aulas, principalmente, as primeiras aulas. Os módulos iniciais são extremamente importantes para você entregar aquilo que seus alunos desejam.

Através do roteiro das aulas, há também possibilidades para você prever as necessidades de produção das aulas como necessidade geral. Há cursos que demandam de certa estrutura física para defenderem seus objetivos didáticos.

Aqui você acessa meu material sobre a criação de roteiro de curso online para ter mais profundidade sobre o esquema que acabei desenvolvendo para ter uma aula de alto valor didático agregado.

Para criar engajamento durante a experiência do aluno nos cursos online, você deve também se preocupar com a dinâmica de cada aula. Assim, o aluno terá experiências incríveis independentes das aulas. Porque cada aula será incrível com a metodologia de engajamento que eu mostro aqui.

Material didático de apoio

Os materiais didáticos que funcionam como apoio para as aulas, módulos e o próprio curso, enriquecem demais o conjunto de instrumentos para o aprendizado.

Pelo material didático, os alunos podem acompanhar a sua jornada pedagógica construindo seu conhecimento com as melhores condições de ensino.

É válido também discriminar em seu plano de curso, caso você tenha necessidade de detalhar esses processos didáticos, a presença e a finalidade destes materiais didáticos.

Assim, as pessoas envolvidas no processo podem compreender a relevância de cada material, bem como orquestrar apoio aos próprios alunos.

Quais os tipos de materiais didáticos mais frequentes?

  1. Slides de Powerpoint
  2. Bibliografia sugerida
  3. Filmografia sugerida
  4. E-books de apoio de leitura ou exercícios
  5. Infográficos
  6. Checklists de diversas finalidades
  7. Vídeos produzidos e exclusivos
  8. Palestras online e presenciais
  9. Consultorias exclusivas
  10. Eventos online e presenciais
  11. Áudio books
  12. Podcasts
  13. Blogs
  14. Vlogs
  15. Comunidades
  16. Grupos secretos
  17. Workshops online e presenciais
  18. Avaliações
  19. Desafios e gincanas didáticas
  20. Colabs

Estes são alguns formatos mais relevantes que sempre estão presentes nos cursos em geral. Materiais de apoio aumentam as experiências positivas dos alunos e trazem mais densidade de conteúdo ao projeto.

Não há obrigatoriedade para a presença de materiais didáticos. Porém, há grande valor agregado para quem consome cursos que tenham este grande relacionamento didático.

Produção do curso online

Agora que você já conseguiu colocar em ordem o processo teórico do seu projeto. Está na hora de começar a gravar as aulas. Para isso, bastam alguns cuidados para você não comprometer seu material e diminuir as exigências técnicas relativas a investimento de equipamento, cenário, estúdio e outros elementos relativos à técnica de gravação.

1) ESCOLHA O AMBIENTE QUE NÃO TENHA INTERFERÊNCIAS DE ÁUDIO

Quando você está disputando a atenção de seu aluno com aquele latido de cachorro, o barulho das panelas na cozinha, o ruído do ventilador na sala, fica difícil você construir qualquer tipo de engajamento.

Por isso, tenha sensibilidade de escolher um lugar que não tenha tantas interferências de ruídos. Mesmo os ruídos externos como um trânsito de avenidas, pessoas cortando grama, eventos nas imediações, podem ser ambientes sonoros pouco apreciáveis pelos seus alunos.

2) ESCOLHA UM CENÁRIO AGRADÁVEL

Vale a pena pensar na configuração de um cenário que seja simpático. Não é necessário ter grandes produções. Não se trata disso. Mas, você pode ter a sensibilidade de planejar enquadramentos que sejam elaborados.

Ambientes fechados são mais fáceis de controlar. Cuidado ao querer impressionar com paisagens lindas, mas pouco funcionais por outros aspectos técnicos.

3) ESCOLHA O EQUIPAMENTO PRINCIPAL DE GRAVAÇÃO

Esse ponto é bastante importante. A maioria das pessoas acham que para gravar há necessidade de ter equipamentos profissionais. Não é bem assim.

Há diversas formas de você gravar suas aulas. Desde o uso de máquinas profissionais DSLR, a celulares. O mais importante é você gravar. Obviamente, você precisa também preservar a qualidade destas gravações para não comprometer seu curso durante a fase de comercialização.

Mas, você pode sim ter um curso de alto valor estético agregado se seguir algumas dicas.

Claro que a técnica atrelada a um profissional experiente faz diferença na hora de agilizar todo o trabalho. Mas, você pode gravar até com um celular seu curso.

Para isso, você precisa compreender que a imagem deve ser bem definida, não ter dificuldades de iluminação, mesmo no celular.

Você pode gravar com smartphones, tablets, webcams, laptops, sistemas de captura de telas para computadores, edição de slides e gravação de áudio, entre outras formas. O certo é gravar com alto valor de conteúdo agregado e alto poder didático de aprendizado.

4) PRESERVE A MELHOR CAPTAÇÃO DE ÁUDIO POSSÍVEL

Este ponto é um dos mais delicados na produção do curso online. Isso porque as pessoas podem até tolerar dificuldades na visualização de imagens, mas são extremamente sensíveis a áudios de qualidade questionável.

Por isso, vale a pena você investir um pouco na compra de um microfone para seus dispositivos de captação de vídeo. Caso você não tenha condições, use a técnica do segundo celular. Com um segundo celular, você pode gravar seu áudio como se ele fosse um microfone.

A única coisa que precisa lembrar é a sincronia sobre a captação do áudio, caso ela esteja sendo realizada de forma independente do vídeo. Bata palmas antes de valer a gravação. Quando você faz isso, depois fica mais fácil de sincronizar o áudio com o vídeo.

Não se trata também só de microfone. Se o ambiente estiver ecoando muito a sua voz, se sua voz estiver cheia de ecos, isso será perceptível e incomodará muito as pessoas. Portanto, escolha também os ambientes de captação lembrando deste critério técnico.

Caso o ambiente ecoe muito sua voz, não arrisque gravar assim. É preferível escolher outro ambiente.

5) APOSTE SEMPRE EM AMBIENTES MUITO ILUMINADOS

Dê preferência para ambientes que tem iluminação farta. Mesmo as câmeras mais sofisticadas precisam de iluminação. Evite gravar usando as câmeras de qualquer dispositivo de frente para uma janela ou porta.

Quando há diferenças de luzes, a sua lente compensa e faz um dos ambientes ficarem escuros. Caso você esteja no ambiente escuro, você será escurecido pela lente também. Cuidado para não gravar na frente de uma janela. Coloque o seu dispositivo de costas para a janela.

Assim, a iluminação será projetada no seu rosto. A lente ajudará na compensação de luz, caso ela esteja em modo automático. Eu até fiz um vídeo sobre isso, vale a pena você ver e compreender melhor estas relações visuais na produção do seu conteúdo e do seu curso online.

6) USE CENÁRIOS, ACESSÓRIOS E FERRAMENTAS COERENTES AO CURSO

Não invente planos estratégicos para chamar atenção de seu aluno. Certa vez, um de meus produtores de conteúdo quis entrar com uma Harley Davisson para começar a aula. Eu interferi. Qual seria o sentido da aula com ele fazendo esse movimento?

Ele estaria falando sobre motos? Ele estaria falando sobre algo relativo a vida aventureira? Não.

Certamente, ele falava sobre um conhecimento técnico relativo a salão de beleza. E a moto super visual nada tinha a ver. Ele apenas queria demonstrar o sucesso que tem ao aluno para tentar incentivar seu engajamento.

Assim, engajamento não se constrói com imagens e fatos de estimulação financeira. O aluno quer saber se ele irá desempenhar o papel que tem expectativa.

Logo, ele queria ter o conteúdo para aprender a executar a tarefa. O sucesso, neste caso, é consequência do propósito de aprendizado que ele já está praticando.

7) ANTES DE QUALQUER GRAVAÇÃO, CERTIFIQUE-SE DE TUDO ESTAR LIGADO E EM ORDEM

Já gravei módulos inteiros e perdi materiais assim por não conferir se o microfone estava ligado. Você não sabe como é frustrante uma coisa dessas. Portanto, não seja displicente. Seja sempre compenetrado em controlar estes pequenos aspectos técnicos.

Caso você também não tenha tanto traquejo com essa ordem organizacional, peça ajuda para alguém acompanhar suas gravações. Acredito ser extremamente importante você ter a percepção de pedir ajuda. Eu falo sobre isso no meu Instagram.

https://www.instagram.com/p/BugZNj_h-as/

Neste vídeo, eu falo sobre a nossa capacidade de pedir ajuda e também aceitar ajuda. Isso é extremamente importante para quem está no processo de produção de seu conteúdo ou até de seu curso online. Não seja teimoso e mande ver na sua produção com ajuda de seus amigos, familiares e parceiros.

8) FIGURINO DEVE SER DISCRETO E COERENTE

Seja coerente com o conteúdo que está produzindo em seu curso online. Não faça figurinos exagerados que briguem com a atenção de seu conteúdo. Seja coerente e seja discreto.

Figurinos podem ajudar, mas isso deve ser um elemento de inserção, tal como pode acontecer com os EPI’s, mas não faça do figurino um elemento de caracterização nonsense.

9) EDITE DE FORMA SIMPLES, SEM GRANDES INTERFERÊNCIAS

Não use de grandes produções cinematográficas para explicar o conteúdo de seu curso online. Não é disso que se trata a qualidade de seu conteúdo. Você precisa compreender que a qualidade está na densidade de seu conhecimento, sua capacidade didática e seu propósito de transformação.

Edite suas aulas de forma simples. Geralmente, indico para que as pessoas não usem trilhas nas aulas. Aula não é vídeo de YouTube.

Portanto, não faça com que essa aula tenha grandes cortes, cortes frenéticos ou visualidade exagerada. Edite de forma simples, objetiva e atendendo o propósito de transformação.

10) REVISE SEMPRE SEU MATERIAL GRAVADO E EDITADO

Revisões são extremamente importantes para alinhar coerência sobre a produção. Para isso, você precisa também usar seu plano de curso para atualizar as aulas gravadas.

Há muitos insights quando gravamos cursos. Não tem problema, mas estas mudanças precisam acontecer também no plano de curso.

Portanto, atualize, revise e construa um plano de curso com a revisão de seu material todo.


Cuidados ao gravar com celular suas aulas:

Aspectos técnicos são importantes compreender neste momento. Isso porque, a maioria dos celulares não têm tanta capacidade de gerar vídeos com alto grau de qualidade. Claro que batem fotos incríveis, mas o processamento de vídeo pode ser outro processo.

Por isso, vale a pena você olhar nas configurações de seu celular a capacidade dele gravar vídeos. Segue aqui uma lista para você tomar suas decisões.

  1. Note a resolução de gravação – Nem todos os celulares e smartphones possuem as mesmas qualidades de resolução de suas lentes e câmeras embutidas. Certifique-se de compreender a informação sobre a resolução de vídeos que seu aparelho tem;
  2. Tamanho do armazenamento – Certifique-se de compreender até que ponto seu dispositivo eletrônico suporta armazenar. Isso é importante até para organizar a dinâmica de suas gravações;
  3. Tamanho do vídeo gravado – Mesmo seu smartphone, tablet ou outro dispositivo eletrônico com grande poder de resolução, você precisa compreender também a capacidade suporta gravar. O tamanho do vídeo diz respeito a sua condição de ser assistindo em plataformas diferentes. Ele pode ser gravado em FULL HD (1920pxs por 1080 pxs) ou em HD (1280 pxs por 720 pxs). Isso diz respeito à qualidade de sua imagem;
  4. Compartilhamento de dados – O compartilhamento diz respeito a sua capacidade de transferir estes vídeos para outros dispositivos ou hosperdar eles em plataformas e salas virtuais de cursos online. Como você irá fazer isso? Através de Google Drive, Wetransfer, Onedrive? Esses dispositivos de compartilhamento são extremamente eficientes;
  5. Qualidade do áudio – A qualidade do áudio precisa ser eficiente. Até porque poucos toleram interferências ou ressonâncias capazes de sujar a qualidade de suas falas. Certifique-se de sempre usar um microfone acoplado a seu smartphone ou use outro aparelho próximo a sua boca para ter boa receptividade;

Produziu? Editou? E agora?

Escolha uma plataforma para postar as aulas. Vimeo ou YouTube?

Eu fiz um vídeo que dará a você os esclarecimentos sobre este assunto. Lembre que a postagens destas aulas precisam estar privadas. O acesso a elas será pela plataforma que você escolher para criar sua sala de aula virtual.

Próximo passo: crie sua sala de aula virtual

Uma necessidade básica de qualquer curso online é o ambiente virtual de seu curso online. Esta relação é como a sala de aula física, pois precisa também ter certos cuidados logísticos para que não traga dificuldades ou ruídos de comunicação.

Uma ótima ferramenta para isso é a Duopana. A Start Up Duopana desenvolveu experiências de comunidade e dinâmicas de hospedagem de grupos fechados e ambientes de curso online.

A plataforma Duopana cria soluções para cursos online

Assim, a Duopana é uma incrível ferramenta de custo-benefício e alto valor agregado.

Portanto, trata-se de uma plataforma que soluciona com interatividade e convergência uma série de necessidades para os produtores de curso online, como criador de landing pages, disparadores de emails, monetização de seus cursos por lá…

Certamente, uma ferramenta que já tem uma interface completa de hospedagem de cursos. Mas, não acredite em mim. Vá lá e faça seus testes: 

🎯


Abra sua comunidade

Abrindo sua comunidade na Duopana, você também já está criando seu ambiente de sala virtual para postar as aulas e estruturar todo seu curso online.

A comunidade é uma ótima estratégia de engajamento, principalmente, quando você estiver em processo de formatação de sua campanha de marketing de conteúdo e criação de autoridade.

Dentro da comunidade Beracode, seu ambiente virtual combina uma série de ferramentas para validação de suas ideias, perspectivas de engajamento, reforço de desconfianças sobre personas e muito mais.


Grupos dentro da comunidade

Os grupos são ótimos para segmentar mais ainda as pessoas atingidas por sua campanha de marketing de conteúdo. Assim, você consegue também identificar desejos e necessidades para criação de ofertas.

Certamente, a segmentação funciona também para você estabelecer pontos de contatos a serem mais explorados.

Afinal de contas, são tantas redes sociais e canais de comunicação disponíveis ao internauta, que precisamos mesmo compreender de forma mais assertiva quais devem receber sua genuína atenção.

Comunidades evitam que você se comporte como um detetive em busca de pistas escondidas para criar sua melhor oferta para seu curso online

Estratégia para gerenciar sua comunidade

Não basta abrir uma comunidade e esperar que as pessoas se manifestem de forma engajada. Você precisa estimular eles de alguma forma. Esse é o papel do gerente de comunidade.

Assuma esse papel ou encontre alguém que possa exercer essa função tão importante para as diversas necessidades e etapas do lançamento de seu curso online.

Comunidades são importantes para o lançamento porque trazem dinâmicas de engajamento para as áreas de marketing, gestão de seus alunos, ferramenta didática, ambiente de cooperação de conteúdo, estratégia de crescimento exponencial, entre tantas outras necessidades de comunicação.

Abra sua comunidade e também um grupo no Facebook

Grupos de Facebook também são ótimas ferramentas de engajamento para o lançamento de curso online. Eles podem ser o primeiro ponto de contato para pessoas que ainda tenham o hábito de interagir nos grupos fechados, secretos, exclusivos e temáticos.

Entretanto, você deve usar estes grupos para tracionar esta audiência para sua comunidade Duopana. Esta estratégia sempre traz ótimas oportunidades para levar a audiência ao seu conteúdo.

Monte agora seu negócio online

A partir de agora, tudo aquilo que você imaginou para si, principalmente, associado às expectativas de seu curso online, precisa ser materializado sobre um comportamento empreendedor.

Um belo plano para o lançamento de curso online é a forma como você também monta seu curso como se fosse um negócio. Lembre-se, se você encarar seu próprio curso como um reforço doméstico, ele também será encarado pelos outros com esse descaso.

Certamente, você precisa enxergar em seu curso um negócio, uma empresa. Isso porque ele também exigirá processos empreendedores e administrativos que viram mesmo responsabilidades empresariais.

Resumo das atitudes para transformar seu curso online em sua própria empresa:

1 – Abra um CNPJ – pode ser MEI, SIMPLES ou outra categoria que melhor for interessante para suas aspirações futuras;

 

Este vídeo esclarece mais sobre a abertura de MEI de forma ágil

2 – Certifique-se que haja, por parte de um contador, os passos seguintes para a legalização deste CNPJ com os devidos registros fiscais nas instâncias reguladoras, tal como a receita federal, junta comercial, prefeitura de sua cidade;

DICA ESPETACULAR NESTE MOMENTO – Peça para que o patrimônio de sua empresa dentro do contrato social seja acima de 10 mil reais. Isso facilita muito o seu futuro para formar parcerias com instituições ligadas a governos ou órgãos públicos.

3 – Certifique-se que em seu contrato social estejam discriminados todos os CNAES relativos a área de educação e que faça parte também de sua atividade profissional. Isso também é relevante na hora de emitir certificação de cursos, caso haja necessidade de comprovação.

Para se aprofundar mais ainda sobre isso, clique aqui.

4 – Abra uma conta corrente jurídica com este CNPJ em alguma instituição financeira ou banco;

Caso haja dúvidas relativas a este trâmite fiscal, sempre é válido consultar um contador sobre suas aspirações futuras no lançamento de curso online. Ele poderá lhe auxiliar nesse processo fiscal com tranquilidade e você poderá focar em conteúdo.

Como iniciar o lançamento de curso?

Para o lançamento de curso online, há inúmeras formas de se iniciar o processo. Mas, todos eles sempre usam de forma positiva aquilo que você tem de autoridade sobre o mercado, tema ou segmento em foco.

Por isso, é importante você também compreender que a partir de agora você é uma pessoa comunicativa por natureza. Caso você esteja lançamento um treinamento relativo a uma marca ou um produto, precisa encontrar um rosto humano para esse processo.

Porque, independente de qualquer tipo de produto ou prestação de serviços, pessoas compram de pessoas. Essa premissa bem clara faz você compreender mais ainda o processo inicial para lançamento de curso online.

O segredo da venda, hoje em dia, é compreender o processo de negociação mais fácil dentro da nossa sociedade. Porque pessoas compram de pessoas. Entenda mais assistindo a este vídeo.

Marketing de Engajamento

marketing de engajamento, hoje em dia, tornou-se um mantra para todo e qualquer tipo de lançamento de curso online. Não só isso. Vai além de qualquer oferta online. Tornou-se uma metodologia digna de análise até mesmo por Phillip Kotler.

Certamente, o engajamento está associado a sua capacidade de encantar as pessoas. E para encantar pessoas, é necessário criar relevância em suas ações.

No entanto, o que é criar relevância?

Como criar relevância em sua existência para o lançamento de curso online?

O verbete de nossa língua portuguesa, RELEVÂNCIA, vem do Latim RELEVANS, “o que retira alguém de um problema”, de RELEVARE, “aliviar, elevar”, formado por RE-, prefixo intensificativo, mais LEVARE, “levantar, aliviar”, de LEVIS, “leve, de pouco peso”.

Portanto, relevância é o entendimento de que seu conteúdo precisa retirar alguém de um problema, aliviar a tensão sobre dúvidas, elevar o conhecimento (aprendizado) ou aliviar, efeito sobre o princípio de entreter.

Relevância do seu conteúdo é aquilo que agrega propósitos, engaja audiências e encanta pessoas.

Rafael Cardoso – Como Criar Curso Online

Este post é um exemplo sobre relevância que sempre pratico dentro de minhas redes sociais.

O marketing de engajamento trata exatamente de identificar as necessidades e desejos dos internautas, principalmente, através de criação de conteúdo, formatar a melhor entrega desta demanda e colher os resultados, previamente, planejados.

Assim, trata-se do uso da inteligência de criação de conteúdo para encantar pessoas. Tal como o exemplo destacado acima.

Por isso, é extremamente importante estudar antes a audiência que deseja construir. Isso porque seus investimentos, energias, tempo, estrutura, tudo representa dinheiro na hora de colocar na ponta do lápis o custo.

Funil de vendas – Funil de leads

A incrível metodologia de lançamento de curso online nasce a partir de uma landing page. A captura de leads (pessoas engajadas) se dá por um processo de troca.

Comente aqui se você deseja que eu continue este conteúdo focado em explicações e metodologias relativas ao Funil de Vendas.

Como Criar Curso Online
Rafael Cardoso
Rafael Cardoso Seguir

Um cidadão que deixou de ser passivo para trazer luz e ambiente à discussão social e político.

Ler conteúdo completo
Indicados para você